#lifefahionmag #fashion #magazine #news #brazilusa #celebrity #famous #lifefahionmag #fashion #magazine #news #brazilusa #celebrity #famous #lifefahionmag #fashion #magazine #news #brazilusa #celebrity #famous

Artista Plástica - Roselena Campos causa frisson em visita

 SP-Arte Bienal

Roselena Campos é natural de Belém do Pará, e está radicada em Brasília desde 1984. Graduada em Direito e Artes Visuais,

a artista plástica vêm ganhando notoriedade ao longo do tempo com sua pintura .

Com sensibilidade aflorada  em seus trabalhos , podemos notar a influencia do clássico e grandes mestres, dando enfase na luz e sombra, cores e tendo um cuidado minucioso na composição de seus trabalhos.

Nas esculturas, Roselena Campos abusa do bronze e apresenta trabalhos em pequena escala. Em grande escala o ferro torna-se mais frequente.

Além disso, é professora atuante  de pintura em porcelana na capital do Brasil.

A presença da visita da Artista causou euforia na capital paulista, onde artistas brasileiros ,  de outros Estados , puderam compartilhar com a artista , encontros com outros  artistas e  participações de instituições renomadas nesta nova da edição da Bienal.

Festival Internacional de Arte de São Paulo

Um dos maiores eventos de arte da América Latina, a SP-Arte apresentou no último dia 04 à 07 de abril, sua 15ª edição ao público , o Festival Internacional de Arte de São Paulo. O evento contou com a participação de galerias, instituições e artistas consagrados no mercado de arte e design , o mais importante evento do setor na América Latina..

Com 164 galerias brasileiras e estrangeiras , o evento marcou o início da temporada para o circuito artístico paulistano, com uma programação paralela que começa já neste fim de semana e inclui de visitas a ateliês a aberturas de exposições em mais de 20 galerias.

Dividida em seis setores, a feira introduziu diferentes novidades nesta 15ª edição. A primeira, a dispersão do segmento Performance, no ano passado limitado a um local específico, por todo o Pavilhão da Bienal.

A segunda é o acréscimo de um setor aos já tradicionais Geral, Solo, Masters, Performance e Design. Sob o comando de Cauê Alves, curador do Museu Brasileiro de Escultura (Mube), o OpenSpace exibirá 17 trabalhos ao redor do prédio da Bienal, no Ibirapuera.


Fotos: Costa Consulting CO

Divulgação: Sula Costa/World Art Show