A vergonhosa lista de políticos e o Auxílio Emergencial

A vergonhosa lista de políticos e o Auxílio Emergencial

“A sociedade precisa saber o nome de cada candidato que requereu auxílio emergencial e benefícios sociais do governo” – Janaína Lima, candidata do Partido Novo à reeleição para a Câmara Municipal de São Paulo"


São Paulo, 28 de outubro de 2020 – A pouco mais de 15 dias das eleições municipais, uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) recai sobre os cidadãos como uma bomba, ao identificar que quase 11 mil candidatos a cargos de prefeito e vereador nas eleições de 2020 requereram o Auxílio Emergencial que o governo federal criou para amparar cidadãos mais pobres no contexto da pandemia. Bolsa família foi outro benefício requerido por candidatos considerados milionários, segundo suas declarações patrimoniais apresentadas junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


“Não podemos nos calar diante dessa informação indecorosa, do ponto de vista ético, moral e de cidadania. Acho que a sociedade deve exigir que esses nomes sejam divulgados para que o eleitor saiba quem é que está no front político das eleições”, exclamou Janaína. “Se as pessoas fazem isso com o Auxilio Emergencial ou com o Bolsa Família, o que elas serão capazes de fazer quando tiverem acesso ao dinheiro público e às prerrogativas de mandato, se forem eleitas? Por isso que os nomes deles devem ser divulgados!”.


A candidata a vereadora pelo Partido Novo foi a única no Brasil a licenciar-se do cargo e do salário de vereadora para disputar as eleições deste ano, por considerar que todo o seu tempo seria dedicado à campanha. Pela Lei, ela não precisaria tomar essa medida. “Eu acho que a figura pública tem de respeitar o dinheiro público sob quaisquer circunstâncias. Nosso gabinete economizou R$ 5,5 milhões em quatro anos de mandato porque tem muita “gordura” nas verbas públicas destinadas ao nosso trabalho”, relembra.”E a sociedade tem de tomar pé dessas informações para que a cidadania seja honrada por quem vota na gente e para quem a gente trabalha, ao ser eleito”.


Detalhes sobre as prioridades para o próximo mandato:

Cidades Inteligentes – Fazer de São Paulo referência em inovação, por meio do uso estratégico de novas tecnologias e sistemas inteligentes;

Combate à pobreza – Garantir necessidades básicas para que a cidade cresça com prosperidade e igualdade de oportunidades;

Eficiência em gestão pública – Avançar com novas iniciativas, dando prosseguimento ao trabalho que já fez de Janaina Lima referência nacional em gestão pública eficiente e transparente;


NA WEB:

www.janainalima.com.vc

NAS REDES SOCIAIS:

Instagram @janainalima.oficial

Facebook @janainalimaoficial

Twitter @janainalimasp

LinkedIn www.linkedin.com/in/janainalimaoficial


Sobre Janaína Lima


Única candidata a vereadora do Brasil a se licenciar e abrir mão do salário enquanto concorre à eleição, Janaina Lima (Partido Novo – 30300) é a primeira mulher eleita pelo Novo em São Paulo. Em seu primeiro mandato, inovou em várias frentes, com destaque ao fato de ter transformado seu gabinete em um coworking, destinado a pessoas que procuravam emprego. Inovações no mandato renderam economia de mais de R$ 5 milhões para os cofres públicos, com cortes de privilégios e mordomias embutidos no cargo, destinando R$ 4,5 milhões para educação municipal e R$ 1 milhão ao combate do Covid-19. O Marco Legal da Primeira Infância, lei de sua autoria que teve apoio do Prêmio Nobel James Heckman e coautoria de 51 vereadores, possibilitou ao Executivo a criação de 80 mil vagas em creches na Capital paulista, o que reduziu exponencialmente, o déficit de vagas nas creches da cidade.

Arquivo: Redação

(Brasil) + 55 (61) 3045-6949

CEL: + 55 (61) 98176-6121

MTB: 0003600/GO

http://www.sulacosta.com

E-mail: [email protected]